Simulador de Investimento: Veja 5 vantagens de usar

Utilizar um simulador de investimento pode ser crucial para o seu sucesso financeiro na hora de aplicar seu dinheiro em renda fixa e até mesmo em renda variável. 

Além disso, é certo que seu patrimônio pode render mais se aplicado da forma correta, da mesma forma que um investimento mal calculado pode acarretar em prejuízo e dores de cabeça. 

O simulador de investimento facilita a vida de quem está começando no mundo dos investimentos. Através da ferramenta, o investidor descobrirá quais são as melhores alternativas de acordo com o seu perfil, por meio do cálculo da rentabilidade de suas aplicações, das taxas, juros, impostos, entre outros fatores. 

Sendo assim, veremos neste post as cinco vantagens de usar um simulador de investimentos.

Então, continue a leitura e descubra quais são elas!

simulador de investimento homens analisando graficos no tablet

O que é um simulador de investimento?

É uma ferramenta online que foi desenvolvida para auxiliar os investidores na compreensão de sua realidade financeira.

O serviço apresenta os investimentos que melhor se adequam ao seu perfil de investidor e que cabem no seu bolso.

Uso da ferramenta

Para utilizar o simulador de investimento, é necessário responder a algumas perguntas, de forma simplificada e ágil.

A partir das suas respostas, é gerada uma análise detalhada das possibilidades de investimentos que poderá te auxiliar na escolha do ou dos produtos nos quais você investirá. 

Modelos

Existem vários modelos de simulador de investimento.

No caso de um simulador de investimento para renda fixa, geralmente é feita uma comparação entre a poupança e as demais formas de investimento em renda fixa do mercado, como Tesouro Direto, CDB e LC, LCI e LCA. 

Assim, fica mais fácil comparar estes investimentos com a poupança e descobrir qual é o mais rentável a curto, médio e longo prazo.

Há também simuladores de investimento voltados para a renda variável e que apresentam exemplos de como seria uma aplicação nesse mercado cujos preços dos ativos tendem a oscilar com mais frequência, como é o caso das ações. 

Com o simulador de investimento, você pode inclusive gerar gráficos para criar comparativos entre os investimentos do mercado e entender quais taxas incidem sobre cada tipo de aplicação. 

Cadastro

O primeiro passo para utilizar o simulador de investimento é realizar o cadastro na plataforma escolhida.

Em seguida, responder um questionário rápido que  dará à ferramenta os dados necessários para traçar o seu perfil de investidor. 

Sendo assim, não é necessário entender de matemática para usar o simulador de investimento. 

Basta preencher informações básicas, como: sua experiência com aplicações financeiras; valor inicial do investimento; parcela mensal; período de investimento; prazo de resgate; seu grau de conforto com relação a riscos; sua renda anual e seu objetivo financeiro ao final do investimento. 

A partir desses dados, o simulador de investimento terá o seu perfil definido e poderá indicar as melhores opções de  aplicação financeira pra você. De forma objetiva e direta, com o seu perfil definido, você poderá simular os seus lucros futuros nos produtos financeiros destinados ao seu perfil.

Para quem tem um objetivo claro acerca do que deseja fazer com o montante arrecadado com o investimento no futuro, a simulação tem uma eficácia ainda maior. 

Isso porque, ao estabelecer uma meta específica e tangível, como adquirir uma casa, um carro, realizar uma viagem, por exemplo, ganhamos um forte propósito, que nos motiva a buscar a cada dia cumprir e até mesmo superar as metas de investimento. 

simulador de investimento moedas caneta e agenda para anotações

Para que serve um simulador de investimento?

O simulador de investimento tem como principal utilidade ajudar o investidor a calcular os riscos e os benefícios aos quais estará sujeito ao realizar um investimento, seja ele de curto, médio ou longo prazo.

Após reservar o valor que deseja aplicar de acordo com sua renda, seus objetivos e necessidades, utilizar o simulador de investimento te ajudará a ter mais clareza na sua tomada de decisão. 

Utilizando a simulação, você poderá testar os cenários de risco e crescimento aos quais sua carteira de investimentos pode vir a ficar exposta numa aplicação real. Dessa forma, você diminuirá seus riscos e ficará mais confortável ao escolher suas aplicações.

Além de avaliar o grau de risco dos investimentos levando em consideração o seu perfil, o simulador mostra qual produto renderá mais, tomando por base parâmetros que você mesmo definirá na plataforma. 

simulador de investimento moedas e chaves

5 Vantagens de usar um simulador de investimento

Então, conheça as 5 vantagens de usar um simulador de investimento.

Entender qual valor investir

Após realizar as simulações, você terá clareza sobre qual deve ser  o valor do seu investimento para que ele seja adequado às suas metas.

Ao entender qual valor investir, será possível tomar decisões mais assertivas, que leve em consideração seu principal objetivo para este investimento. 

Analisar o prazo de aplicação

Uma regra geral do mercado financeiro é que quanto maior for o prazo para o resgate do investimento, melhor será a sua rentabilidade.

Ao analisar o prazo de aplicação é crucial observar o seu perfil de investidor, sua situação financeira atual e projeção financeira futura, além das características do tipo de investimento escolhido.

Pode ser tentador investir em produtos que oferecem rentabilidade maior. Mas, caso você precise retirar o dinheiro investido antes do final da aplicação, pode ser  que você sofra perdas financeiras.

Calcular a rentabilidade líquida

O segredo para o sucesso de qualquer investidor é conseguir calcular a rentabilidade líquida dos seus investimentos e explorá-la ao máximo.

Realizar o cálculo de rentabilidade líquida te ajudará a alcançar aquele que é o principal objetivo dos investidores: manter o poder de compra com o passar do tempo, enquanto rentabiliza o seu capital. 

No entanto, ele precisa ser realizado com cautela, pois, não é todo investimento que é rentável.

Ao delimitar uma meta, observe a rentabilidade, ou seja, o retorno que essa aplicação trará para o seu patrimônio. 

Então, para calcular a rentabilidade líquida de um investimento, deve-se observar fatores como  a modalidade do investimento, o tipo de indexação, as taxas, aporte inicial e aportes mensais, data do resgate, tributação de imposto de renda, entre outros.

A partir do valor de aplicação inicial, faz-se a projeção de rentabilidade líquida, sendo calculada com base tanto no valor da aplicação inicial quanto nos aportes mensais.

Considere que você empregou um capital de R$ 1.000 em um produto e, ao final do tempo de aplicação, o montante é de R$ 1.600. Dessa forma, podemos calcular que, com a quantia investida inicialmente, você alcançou um retorno de 60%. 

Este percentual de retorno que foi obtido na aplicação, seja em uma poupança, ações, títulos públicos, etc, é o que chamamos de rentabilidade dos investimentos: a diferença entre a quantia aplicada e a quantia resgata.

simulador de investimento moedas empilhadas

Definir o seu perfil de investimento

Basicamente, o seu perfil de investimento é que vai nortear a sua decisão sobre onde e como investir. Para os analistas do mercado financeiro, existem três perfis de investidores: o conservador, o moderado e o arrojado. 

Acompanhe as próximas linhas e descubra em qual você se encaixa: 

Perfil conservador

É a pessoa que tem a segurança nos investimentos como prioridade.

Para ela, o importante é ter a garantia do retorno, mesmo que seja menor, do que buscar uma rentabilidade alta com maior risco de retorno.

Para esse tipo de perfil, os produtos que costumam ser sugeridos no simulador de investimento são: Tesouro Direto; fundos de renda fixa; títulos bancários (LCA, LCI, CDB, RDB); previdência privada.

Perfil moderado

São os investidores que também prezam pela segurança nos investimentos, mas que topam correr um certo risco, caso seja necessário, para alcançar uma maior rentabilidade. 

Com frequência, criam uma maior diversificação da carteira de investimentos. Costumam investir em: previdência privada; renda fixa tradicional; títulos privados de renda fixa emitidos por empresas: CRI, CRA, debêntures; investimento no exterior; fundos multimercado com alguma parcela em ações.

São pessoas que estão cientes de que os resultados para esse modelo de carteira pode demorar pelo menos dois anos para aparecer e por isso se preparam para aplicações de médio e longo prazo

Perfil arrojado

São os investidores que compreendem os riscos das aplicações financeiras e que se arriscam em investimentos com menores garantias, mas que possuam alta rentabilidade. O foco é alcançar o máximo de retorno, mesmo que, para isso, seja necessário um maior período de tempo.

Os investidores de perfil arrojado costuram manter um colchão de previdência privada e renda fixa, mas sempre direcionando uma parte maior dos seus investimentos para a renda variável. 

Para esse perfil, o simulador de investimento deve conter opções como: ações; derivativos; debêntures; fundos de ações e alguns multimercado; investimento no exterior e  fundos imobiliários;

São pessoas que compreendem a volatilidade do mercado da renda variável e sabem que o retorno é esperado a longo prazo, geralmente, a partir de cinco anos. 

Conhecer as taxas e impostos

Como explicamos no item sobre como calcular a rentabilidade líquida, há diversos fatores que devemos observar para o cálculo da rentabilidade de uma aplicação. O cálculo da rentabilidade bruta não é, na prática, o valor final que irá para o seu bolso. 

É necessário realizar o cálculo completo, tomando como referência a rentabilidade líquida a partir da data da aplicação até o momento do resgate.

Para os investimentos que possuem imposto de renda incidente, por exemplo, existe uma tabela regressiva a qual a alíquota obedece. Com isso, quanto mais tempo houver entre o início da aplicação e o seu resgate, menor será a alíquota do imposto de renda.

Uma das grandes contribuições do simulador de investimento é que ele te ajudará a conhecer as taxas e impostos incidentes em cada modelo de aplicação.

Os investimentos de renda fixa pré-fixados tem uma rentabilidade determinada no ato da contratação.

O retorno total da aplicação é determinado por uma porcentagem fixa. 

Já os investimentos de renda fixa pós-fixados, possuem uma rentabilidade desconhecida no ato da contratação.

Isso porque o retorno fica atrelado a uma taxa de juros, como a Taxa Selic, que é variável. 

Os investimentos de renda variável possuem maior volatilidade.

Isso porque, não tem como calcular a rentabilidade de forma antecipada.

Há também os investimentos de renda fixa híbridos, que possuem uma parte prefixada e uma parte variável, como o próprio nome sugere. Nesse tipo de investimento, o rendimento da parcela variável estará relacionado a algum índice financeiro.

Existem diversos índices financeiros aos quais os investimentos podem ser atrelados, como a Taxa Selic, CDI, IPCA, IGP-M, etc.

simulador de investimento homem de terno colocando moedas no pote

O que observar em um simulador de investimento?

Taxa de retorno

Obter retorno financeiro é o principal motivo pelo qual o investidor aplica o seu dinheiro. E, por isso, a taxa de retorno deve ser um dos principais pontos que devemos observar em um simulador de investimento. 

A taxa de retorno, conhecida pela sigla ROI (na língua inglesa: Return On Investment, significa Retorno sobre Investimento.

Sendo usada pelos investidores como um parâmetro para suas decisões de investimento em projetos e novos negócios.

Isso porque o ROI apresenta a taxa de retorno do investimento.

A fórmula para calcular essa taxa é básica: ROI=(retorno-investimento)/investimento. Por exemplo: ROI=(1600 – 1000)/1000-> ROI= 60%.

No exemplo, houve um retorno sobre investimento de 60%, ou seja, o retorno foi 60% maior que o valor aplicado.

Valor mínimo para o investimento

Os produtos disponíveis no mercado exigem valores mínimos para investimento. Esses valores variam consideravelmente e, por isso, é importante observar no simulador qual será o valor mínimo para o investimento em cada tipo de aplicação. 

Então, sabendo quanto você possui de dinheiro para iniciar seu investimento, será possível escolher a aplicação ideal para o seu perfil, com base também no valor mínimo exigido. 

Prazo

O simulador de investimento apresentará o prazo mínimo para resgate do valor investido em cada tipo de produto. Fique atento à essa informação, pois o prazo é fator determinante para o sucesso da sua aplicação. 

Tenha em mente o objetivo pelo qual você fará o investimento e defina o prazo necessário para alcançar a sua meta. Durante a simulação você perceberá que, em geral, o prazo está diretamente relacionado à rentabilidade da aplicação. 

Prazos mais longos costumam ter uma rentabilidade maior e são mais seguras para os investidores. Já os investimentos de curto prazo, no geral, exigirão um aporte maior no início da operação, para que se alcance o rendimento desejado até o dia do resgate. 

simulador de investimento grafico

Como o simulador de investimento da Vangardi pode te ajudar?

Depois de avaliar esses fatores e identificar seu perfil de investidor, o simulador  de investimento poderá apontar de maneira mais precisa a sua projeção de resgate bruto e de resgate líquido e sugerir uma aplicação ideal ou uma combinação de vários tipos de aplicações. 

O simulador de investimento leva em consideração ainda dados como: taxas de administração, impostos, liquidez dos investimentos, incidência de juros periódicos ou dividendos, tornando a simulação o mais próximo possível do que seria o investimento real.

É interessante lembrar que os investimentos podem receber influência das flutuações econômicas.

Assim, é possível usar, periodicamente, o simulador de investimentos para acompanhar os dados dos seus investimentos que já estão em andamento. Isso te garante uma visão atualizada das suas aplicações, podendo reformular suas previsões. 

Além disso, a Vangardi  possui um simulador de investimento super completo, que vai te ajudar a conseguir todas as informações necessárias para definir os investimentos que te farão alcançar seus objetivos.

Como funciona o simulador de investimento da Vangardi?

O simulador de investimento da Vangardi é descomplicado e te garante acesso a investimentos com rentabilidade de até 15% a.a. Na plataforma você poderá simular aplicações em empreendimentos imobiliários selecionados e com garantias. 

Um dos destaques para os investimentos na Vangardi é a alta acessibilidade: a aplicação mínima é de R$ 1.000,00. Você pode simular seu investimento com base nesse valor mínimo, de R$1.000,00 ou com valores mais altos. 

simulador de investimento analisando graficos

Conclusão

Portanto, o simulador de investimento é uma ferramenta de grande ajuda para quem pretende começar a investir.

Com ele, torna-se possível entender o seu perfil de acordo com seus objetivos, conhecer as aplicações mais indicadas e simular os rendimentos futuros.

Quem está começando a investir tem objetivos variados. Mas alguns dos principais são: aumentar o seu patrimônio, comprar uma casa, comprar um carro novo, aumentar a família, fazer uma festa de casamento, realizar uma viagem, previdência e aposentadoria.

Além disso, para alcançar seus objetivos, é imprescindível ter a previsão do prazo e do retorno do investimento, assim como os descontos de taxas e impostos. 

Por isso, independentemente de qual seja a sua meta, a simulação do investimento precisa ser um passo do seu processo de decisão.

Utilizando o simulador de investimento da Vangardi, você conseguirá elaborar um planejamento financeiro com menor risco e maior rentabilidade. Além disso, na plataforma você pode  fazer e refazer a simulação quantas vezes forem necessárias.

Então, faça agora mesmo uma simulação gratuita e veja o quanto o seu dinheiro pode render na Vangardi!

Rolar para o topo